08 julho, 2011

A.V.C.


Dia turvo
mente torpe
trote torto
um tropeço

a linha reta me desafia
o sol de inverno me engana
o corrimão é solidário
a padaria não tem trocado para o pão

se você disser que sim
eu acredito
se você me abandonar
eu resisto

meus joelhos encontram o chão
desencontros na Plataforma 3
o que tenho no estômago sai
a solidão fica



24 comentários:

Garcez disse...

belo poema...

melhor do q qualquer coisa q eu esrevo...

www.ouvindoparalamas.blogspot.com

Fraaan! disse...

Curtii!

Dalton Leça disse...

Belo poema mesmo!!
Se vc parar para pensar bem, tem sentido!! E COM CERTEZA é muito melhor do que muitas coisas que se vem fazendo um maior sucesso por aí!!
Parabéns!!

Acessa e segue o meu:
http://umpoucothetudo.blogspot.com/

Abraços

Lucas D.F. disse...

muito bonito ...
gostei muito
olha quando quiser da uma passada no meu blog
http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com

Fernanda disse...

Cícero, muitíssimo bom! Especialmente o verso "o corrimão é solidário" e as duas últimas linhas do poema! O texto todo está joia, e esses versos são particularmente inspirados. No geral, adorei o trabalho com o som, o corte providencial de palavras, o ritmo, as frases nominais. Beijos e sucesso!

CAMILA DE ARAUJO disse...

Nossa ._.
A gente percorre todo trajeto.
Que tensão... A rua, o corrimão, a queda. A dor nos joelhos devido ao choque com o chão. O estomago vazio.

http://www.papel40kg.com/

Thays Henry disse...

Legal

Francorebel disse...

Nossa, poema de profissional esse, de grande poeta: profundo, aberto à imaginação, bem elaborado. Adorei mesmo.

Pensei num bêbado.

Parabéns.

F.

Saintcaio disse...

texto loco, personificação do seu eu.

muito profundo *.*

http://umpoucodesoma.blogspot.com/

Priscila disse...

ótimas rimas *-*
Parabéns!
Bem forte, AVC retratado com arte... bem original

se quiser, tá rolando uma promoção no meu blog, dá uma olhada lá:

[violet]Oi meninas, tô aqui pra convidá-las a participar dessa super promoção, não precisa nem comentar, é só participar ;)

Bjooo

http://livrosdapris.blogspot.com/2011/07/promocao-namoro-e-coisa-seria.html

Bjooo

Lucas Silva disse...

Adorei o texto, o jogo de palavras, a originalidade. Além de um ótimo professor és um grande escritor.

Abraços.

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Já joguei isso aí no playstation I.

Gabriel B. disse...

Cara gostei muito de seu blog.
E você escreve muito bem mesmo.
Meus parabéns.
Eu estou te seguindo, se quiser,
da uma passada no meu blog.
http://darkvermilion.blogspot.com/

Lucas Adonai disse...

Belo poema ;D
Parabéns.

Aline Diedrich disse...

Nossa, que linda sua poesia! O jeito que usou as palavras até formaram um ritmo...

Lina Savle disse...

E da acidez do mórbido dia que custou a iniciar
Tiro proveito das palavras de outrem para camuflar minha tristeza
Esqueci meu bom humor na cama, com minhas vestes de dormir
Pensando bem... O desencontro não foi tão ruim assim...


=)

http://meribriao.blogspot.com

Dannielle disse...

Bem legal...gostei.
http://lerdetudo.blogspot.com/

Samanta Azize - Blog Azize Fashion disse...

Muito belo!

Meu blog:
http://azizefashion.blogspot.com/
Minha page:
http://www.facebook.com/pages/AZIZE-FASHION/133491186723572

Cabeça Feminina disse...

belos versos
gostei especialment dos ultimos
"o que tenho no estômago sai
a solidão fica"

muito bomm!!!

grande beijo


http://cabecafeminina.blogspot.com

neh.etc disse...

belos versos
a solidão sempre fica infelizmente

J.Game. disse...

belo blog estou seguindo

se puder retribuir: http://espacoxboxbr.blogspot.com/

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Dia noturno, é no q dá passear no eclipse.

danielacristofoli disse...

lindo!
parabéns!
bjs
http://etcmodaetal.blogspot.com/

DarKblog disse...

Pequeno, porém bastante profundo...