12 dezembro, 2018

Redução de Danos


Não quero sair agora
mas parece que não há saída 
não sei que horas são
ou não quero saber

não consigo dizer não
ou não posso
poderia não pesar nisso
ou não quero

como não?
não e pronto
não posso fazer tudo sozinho
talvez não precise de ajuda

as coisas não funcionam assim
não podemos fazer o mundo parar
não dou conta
ou não?

29 novembro, 2018

Neuropsicologia cognitiva


Me candidatei a um emprego 
seria uma cobaia 
era um laboratório 
multinacional 

me colocaram tubos 
e me aplicaram substâncias 
estava entorpecido 
estava pronto 

poderiam me perguntar qualquer coisa 
responderia 
estava tudo sendo cronometrado
e seria colocado em uma planilha 

quando terminou 
recebi um “parabéns”
e um certificado 
tinha contribuído para a ciência 




Como controlar a Ansiedade


Três e meia da manhã 
é o meu último cigarro 
taquicardia fora de controle 
acabou a cerveja 

depois de virar 
quinze cartas do tarô 
já não sei o que é certo 
nem errado 

sai pela rua atordoado 
buscando um bar aberto 
preciso de alguma ajuda 
algo que me acalme 

voltei com o dia amanhecendo 
lembrei que tinha que acordar 
lembrei que tinha um compromisso 
sempre esqueço dessa parte 




20 novembro, 2018

Preciso falar com você


Estou puta 
não tenho nada para falar agora 
meus braços estão cruzados 
parecem que não querem se soltar de mim 

não estou louca 
nem me venha dizer que estou viajando 
desde de anteontem 
minha cabeça está a mil 

estou gritando de dor 
e ninguém tem a obrigação 
de me fazer sentir melhor 
não sei o que vai acontecer 

me sinto um borrão 
de uma obra Realista 
olho para mim e meus olhos me ultrapassam 
virei um Expressionismo abstrato




26 setembro, 2018

Experiência de quase-morte


É um acontecimento extraordinário
relatado por algumas pessoas
que voltaram da beira da morte
acompanhado (na volta) por uma paz de espírito

um evento extracorpóreo
uma viagem no vácuo
um túnel negro
em direção a uma luz

alguns encontraram
entes queridos que se foram
outros viram Jesus
de branco com furos nas mãos

alguns se sentem cercados
por uma névoa branca
embaçando a fronteira
entre o mundo real e o sonho





19 setembro, 2018

Vai me punir?


Suas frases me nocautearam
uma sensualidade narcótica
nunca duvidei de sua coragem
nem de sua inocência

as palavras às vezes sufocam
bem forte, com as duas mãos
às vezes como pompoarismo
calando nossos uivos para a lua

praticamos uma asfixiofilia inconsequente
enquanto esses versos tentam respirar
em vão
perdemos os sentidos

não quero ser uma Anaïs Nin
mas sexo bom também é amor
assim como o mar precisa da tempestade
um fetiche bom precisa ser punido



14 setembro, 2018

Aniversário


Ela quis surpreender o namorado
colocou sua lingerie preta sexy
e se escondeu atrás da porta
esperou ele entrar

vendou-o e o amordaçou
desabaram na cama
ela abriu o seu zíper
e colou o pau dele na boca

treparam por horas
até finalmente ela tirar a mordaça dele
ele agradeceu
se falaram em Libras

ele gostaria de retribuir
ela aceitou
contanto que ele a vendasse 
ela tinha catarata, ele era mudo



Mupy


Se escondia num canto do pátio
com o canudinho na boca
sem que ninguém o notasse
parecia uma sombra

seu capuz chegava até a altura dos olhos
mesmo nos dias de calor
estava com o seu moletom
preto

um dia ela chegou
sentiu raiva
ela tinha um moletom igual ao dele
preto

pior
também gostava de Mupy
já basta! foi tirar satisfação
ambos eram intolerantes a lactose




10 setembro, 2018

O plano não era esse


Aqui estou eu de novo
mais impreciso do que nunca
meu coração esmurra meu peito
não aguenta mais

subindo e descendo as ruas
me distraindo com os ambulantes
desviando das ciganas
querendo que o dia acabe

o silêncio dela
é um prejuízo para minha salubridade
uma areia movediça
me mandando para o centro da Terra

desamparado, atravesso o cemitério
deixo a coroa de flores 
o dia está muito quente
as lágrimas evaporam antes de chegar ao chão 




17 maio, 2018

Édipo e a Esfinge


O rei de Tebas morreu
parece que foi por um fugitivo de Corinto
uma profecia dada pelo Oráculo
dizia que ele mataria os seus pais

resolveu fugir do seu destino 
deu de frente com o rei Laio 
este lhe pediu para sair do caminho
a estrada que era muito pequena para os dois

pior para rei de Tebas
tebanos que já sofriam com a maldição da Esfinge
Édipo, o forasteiro fugitivo, solucionou o seu enigma
envergonhada ela se atirou num penhasco

agora Édipo é rei 
Jocasca sua rainha
e Tebas foi amaldiçoada mais uma vez
é preciso consultar o Oráculo para saber o porquê