25 junho, 2011

Sem o manual de instruções


C
omeça você
não suporto está pagina em branco
o quanto dói, uma pagina em branco
o que ela diz?

não sei por onde começar
me expor
bate uma frustração
merda de vida vazia

e depois disso
dou de cara com ela
me diga
devo chorar?

me lembro de uma antiga canção
representava algo
acho que representa
um caco de vidro



11 comentários:

Colecionadora de Silêncios disse...

Oi, Cícero.

Adorei seu poema... especialmente esses versos:

"o quanto dói, uma pagina em branco
o que ela diz?"

Só quem escreve sabe o quanto uma página em branco dói... (metaforicamente tb!)

Beijos

Angel Martins disse...

Olá! Gostei do seu blog, parabénsss!!! bjuss

Quem gosta de poemas, poesias (PALAVRAS COMOVEM)

http://angelmartinss.blogspot.com/

Janaina Stachi Boracini disse...

Gostei da parte do
"me lembro de uma antiga canção
representava algo
acho que representa
um caco de vidro"

Abraços!

http://semdorsemvitoria.blogspot.com/

Amélie disse...

Páginas em branco,vidas traduzidas nessas páginas,falta de criatividade ou de perspectiva na vida de quem preenche essas páginas.
Ás vezes tenho momentos assim,dói a beça...mas em determinadas épocas o vazio se faz necessário!
Bjks!!!

Ferreirinha disse...

muito legal seu texto...
me segue q to te seguindo, vlw?: http://blogdoferreirinha-ferreirinha.blogspot.com/

Andy A. disse...

gostei da parte da página em branco também ...

http://andyantunes.blogspot.com/

neh.etc disse...

bonito bem singelo >< eu gostei muito ^^

Tom Coyot disse...

Não era uma canção , era um poema

Carol disse...

eu me sinto assim antes de escrever um bom texto! amei!

Luís Sansone disse...

SENSACIONAL,tanto pode ser um poema,como virar uma bela canção de amor n importanto o estilo.


Meu blog,abraços

http://lusansone.blogspot.com/2011/06/mulher-dos-meus-sonhos.html

Luana Almeida disse...

Sofres de amor?
Sai desse túmulo e vá buscar a luz da tua alma.

Flores!