30 julho, 2007

Estúdio de texto

de 15/8 a 21/9
coordenação e projeto: Márcia Denser (escritora, pesquisadora de literatura, jornalista e mestre em literatura pela PUC-SP) Curso livre no formato de um laboratório de criação de textos e orientação de leituras. público: profissionais e estudantes das áreas de Artes, Biblioteconomia, Comunicações, Jornalismo, Letras e Ciências Humanas. (30 vagas - 10 para servidores da PMSP, 18 anos) - informações e inscrições: de 1° a 9/8, de segunda a sexta, das 14h às 18h, na Divisão de Ação Cultural e Educativa, telefone 3383-3436, ou preencher ficha de inscrição disponível no site www.centrocultural.sp.gov.br e enviar para acaoeducativa@prefeitura.sp.gov.br - seleção: a lista de aprovados será divulgada no dia 13/8, no mesmo site - período da oficina: de 15/8 a 21/9, quartas e sextas, das 18h às 20h - carga horária: 20 horas, será fornecido certificado de participação para quem cumprir a carga horária completa - Sala de Oficinas 2 (subsolo).

26 julho, 2007

Totalmente Kubrick

Com esse título, fui atraído como um imã para assisti-lo. Trata-se de uma história baseada em fatos reais, Jonh Malkovich, em grande atuação, faz um homem que engana as pessoas se passando pelo diretor Stanley Kubrick na época em que filmava "De Olhos bem Fechados". Alan Conway (o personagem) começou a se passar pelo famoso cineasta para freqüentar as altas rodas da sociedade inglesa. Assim, na mais pura cara-de-pau, ele conseguiu entrar em diversos eventos badalados, em festas disputadas, restaurantes famosos e night-clubs sempre se apresentando como Stanley Kubrick durante cerca de dois anos. O interessante é que todos acreditavam, mesmo sem ele se parecer muito com o diretor. Mas não sabia disso quando assisti ao filme, pensei que fosse mais um dos roteiros do Charlie Kaufman que escreveu “Brilho Eterno de um Mente sem Lembraça”. E ri com desconfiança quando aprerece no final do filme que a história é real.
Os roteiros de Charlie Kaufman no cinema:
- Quero ser John Malkovich -1999
- A Natureza Quase Humana - 2001
- Adaptação - 2002
- Confissões de uma Mente Perigosa - 2002
- Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças - 2004
A filmografia de Stanley Kubrick:
1. Fear and desire (1953)
2. A morte passou por perto (1955)
3. O grande golpe (1956)
4. Glória feita de sangue (1957)
5. Spartacus (1960)
6. Lolita
(1962)
7. Doutor Fantástico (1964)
8. 2001 - Uma Odisséia no Espaço (1968)
9. Laranja mecânica (1971)
10. Barry Lyndon (1975)
11. O iluminado (1980)
12. Nascido para matar (1987)
13. Eyes wide shut (1999).

24 julho, 2007

Cidade Baixa - Porto Alegre (RS)

A primeira coisa que procurei saber sobre a cidade de Porto Alegre foi onde se localizavam os bares bacanas. Só tive duas chances: na primeira, guiado por um mapa destinado a turistas, errei feio e parei em um bairro nobre Parque Moinho de Vento; na segunda acertei, conduzido desta vez por um mapa feito por uma gaúcha que estuda a arquitetura da Cidade Baixa, o bairro da boemia porto-alegrense.

23 julho, 2007

ANPUH 2007

Mais fotos da Anpuh 2007 de São Leopoldo e de onde fiquei hospedado em Porto Alegre (RS).

XVII Congresso da ANPPOM


Foi muito interessante entrar em contato com outros pesquisadores da mesma área de atuação. Espero poder participar de mais encontros. Estou pensando em me filiar a todos eles inclusive no latino-americano. O próximo encontro da Anpuh será em Fortaleza e tive que ir até Porto Alegre descobrir que existe uma associação de estudos relacionados a música e que se reunirão na minha cidade.

13 julho, 2007

11 julho, 2007

XXIV Simpósio da ANPUH em São Leopoldo

(clique para ver a programação)

Partida data: 14/07/2007 (sábado)
Horário: as 15 horas
Local: em frente ao Memorial da América Latina.
Ônibus: PENHA – ITAPEMIRIM.
Volta : dia 20/07/2007 (sexta feira) em torno das 18 horas do hotel Metro.
Hotel Metro fica na Av. Julio De Castilhos 447,
centro de Porto Alegre - RS
DISCUSSÕES POLÍTICAS
Segunda-feira - 10h30min
Discussões Políticas I
Novos espaços de atuação profissional do historiador
Eni de Mesquita Sâmara (USP), Marieta Ferreira (FGV-RJ) e Luciano Fiqueiredo (UFF)
Segunda-feira - 19h: Discussões Políticas II
Ensino de história e formação do professor
Marlene Cainelli (UEL), Helenice Ciampi (PUCSP), Ana Maria Monteiro (UFRJ) e Manoel Luís Salgado Guimarães (UFRJ)Terça-feira – 19h –
Discussões Políticas III
A destruição legal e ilegal do patrimônio histórico
Paulo Knauss (UFRJ), Zita Possamai (UFRGS) e Fernando Teixeira da Silva (UNICAMP)

CONFERÊNCIAS

Domingo - 19h30min: conferência de abertura
Eni de Mesquita Samara (USP)
“A História, novos domínios e/ou deslocamentos?”
(Anfiteatro Pe. Werner)
Terça-feira – 10h30min:
Hebe Mattos (UFF)
“O olhar do historiador: territórios e deslocamentos”
(Anfiteatro Pe. Werner)
Lucia Maria Lippi de Olveira (FGV/RJ)
“Cruzando fronteiras: os estudos da imigração”
(Auditório Centro 4)
Hilda Sabato (UBA/Argentina)
“Historia, política, historia política. La formación de las naciones en Iberoamérica”
(Auditório Central)
Quarta-feira – 10h30min:
Jeffrey Lesser (Emory Univ./EUA)
“Etnicidade, Identidade Nacional e Luta Armada”
(Anfiteatro Pe. Werner)
Alberto da Costa e Silva
"A história da África de uma perspectiva brasileira: problemas e desafios"
(Auditório Central)
Silvia Regina Petersen (UFRGS)
“História e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos”
(Auditório Centro 4)
Quinta-feira – 10h30min:
Eliana Dutra (UFMG)
“Deslocamentos interdisciplinares. Da Literatura à Filosofia, da Memória à História”
(Anfiteatro Pe. Werner)
Durval Muniz de Albuquerque (UFRN)
“O Tempo, o Vento, o Evento: história, espaços e deslocamentos nas narrativas de formação do território brasileiro”
(Auditório Centro 4)
Federico Navarrete (UNAM/México)
"A invenção da etnicidade nos Estados-nação americanos do século XIX ao século XXI: uma proposta téorica"
(Auditório Central)
Sexta-feira – 18h: conferência de encerramento
Maria Stela Bresciani (UNICAMP)
“Multiplidisciplinaridade, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade: um desafio para o historiador”
(Anfiteatro Pe. Werner)

09 julho, 2007

Cinema pra ontem

Tenho que me programar para ver alguns filmes nacionais que estão em cartaz. Nesta época do ano chegam os blockbusters americanos, o que resultam poucas salas (menos ainda do que o normal) para os filmes brasileiros e alternativos no geral. Desses filmes destaco quatro que se tratam de "lições de casa", ou seja, tenho que ver. Mas parece ser impossível, pois além desses existem outros filmes muito bons que me atraem. Reparem que dois são documentários sobre o mesmo tema.
Caparaó - Após o golpe de 1964, a Guerrilha do Caparaó foi a 1ª tentativa de luta armada organizada contra a ditadura militar implementada no Brasil. O movimento foi patrocinado por Fidel Castro e organizado por Leonel Brizola, durante seu exílio no Uruguai. Para reprimir o movimento o governo usou cerca de 4 mil homens do exército, aeronáutica e das polícias militares de Minas Gerais e do Espírito Santo, em uma das maiores operações militares realizadas no país até hoje.
Não Por Acaso - Ênio (Leonardo Medeiros) é um engenheiro de trânsito que, operando sinais, busca comandar o fluxo dos automóveis da cidade de São Paulo. Sua mania de controle reflete-se também em sua vida doméstica. O encontro com a filha, Bia (Rita Batata), faz com que ele se sinta sem o controle de tudo. Pedro (Rodrigo Santoro) é dono de uma marcenaria especializada na construção de mesas de sinuca. Meticuloso, possui uma visão peculiar do jogo de sinuca. Um acidente faz com que a vida de ambos tome rumos surpreendentes.
Cão Sem Dono - é uma observação de um relacionamento amoroso, escrita com as cores íntimas de um retrato de geração. Narra o encontro entre Ciro, recém-formado em Literatura, que passa por uma crise existencial marcada pelo ceticismo e pela falta de planos, e Marcela, uma ambiciosa modelo em início de carreira, que se entrega de forma obsessiva ao seu trabalho e, com isso, adia para mais tarde a realização de qualquer sonho.
Hércules 56 - Na semana da independência de 1969 o embaixador americano no Brasil, Charles Burke Elbrick, foi sequestrado. Em sua troca foi exigida a divulgação de um manifesto revolucionário e a libertação de 15 presos políticos, que representam diversas tendências políticas que se opunham à ditadura militar. Banidos do território nacional e com a nacionalidade cassada, eles são levados ao México no avião da FAB Hércules 56. Através de entrevistas com os sobreviventes os fatos desta época são relembrados.

07 julho, 2007

"A água do radiador está enferrujada!"

Pois foi istó que acabei de escutar vindo lá de Santana no meu último dia do semestre na Puc. Abasteci e pedi para verificar a água e o óleo (coisa que não fazia já a tempos...), vi a água amarelada e quase por impulso, não aceitei de bate pronto. Mas, resolvi arriscar e pedir uma segunda opinião: o Google! Nesse oráculo tive a resposta.

"A cor amarelada é normal. A troca só é necessária se houver muitas partículas de ferrugem, o que ocorre em motores mais antigos."

Fui salvo e economizei quinze pilas.
Mais sobre:
o fluído de freio "baixou". "Ficar assim é perigoso, melhor completar"
"Quer ver o óleo aí, doutor?"
"O óleo está ralo e sujo, tem que trocar"

http://www.spiner.com.br/modules.php?name=Forums&file=viewtopic&t=485&start=0&postdays=0&postorder=asc&highlight=

03 julho, 2007

Teatro no inverno

Quero ver se aproveito minhas férias para conferir algumas peças boas que estão em cartaz... Tenho que correr pois algumas encerram a temporada neste final de semana.
ANÁLISE COMPORTAMENTAL E CRÍTICA DA MÚSICA EDUARDO E MÔNICA terças - às 21h30 No Espaço Parlapatões - Praça Roosevelt, 158 - Fone: 2163.2000 Ingresso: R$10,00
GAIVOTA – TEMA PARA UM CONTO CURTO baseado na obra de Anton Tchekhov. Um escritor iniciante procura por sua própria identidade através de sua escrita, mas só conhece o malogro e a rejeição de sua amada. Com Bel Garcia, Bel Teixeira, Emílio de Mello, Enrique Diaz, Felipe Rocha, Gilberto Gawronski e Mariana Lima. Dir. Enrique Diaz. Sesc Pinheiros. Sex e sab, 21h; dom, 18h. R$15.
FRIDA KAHLO: UMA MULHER DE PEDRA DÁ LUZ À NOITE dramaturgia, coreografia e dir. Maura Baiocchi. Uma aventura e um mergulho na força e na fragilidade do universo feminino. Com Cristina Rasek e Maura Baiocchi. Galeria Olido / Sl. Paissandu. Qui a sab, 20h; dom, 19h. Grátis. Estréia 28/06.
EDUCAÇÃO SENTIMENTAL DO VAMPIRO de Dalton Trevisan. Um intenso e bem-humorado apanhado dos personagens do escritor curitibano Dalton Trevisan. Com Erica Migon, Guilherme Weber, Jorge Emil, entre outros. Dir. Felipe Hirsch. (150min). Sesi. Qua a dom, 20h. Grátis.
O KRONOSCÓPIO texto e dir. Ricardo Karman. Drama. A história de um professor que constrói um aparelho que permite enxergar imagens do passado. Com Kompanhia do Centro da Terra. (80min). Teatro do Centro da Terra. Sab, 21h; dom, 19h. Grátis.
O POÇO de Alexandra Golik. As duas últimas pessoas do mundo, vivendo no último lugar que restou. Com Alexandra Golik e Carla Candiotto. (55min). Dir. Sandro Borelli. C.C. Banco do Brasil. Qua, 16h; qui a sab, 19h30; dom, 18h. R$15. até 15 de julho.
As meninas (50min, 14 anos) - Drama.grupo: Cabauêba - texto: Lygia Fagundes Telles - adaptação: Tércia Montenegro e Lucas Sancho - direção: Lucas Sancho - elenco: Andréa Piol, Marisa Paiva e Daniela de LavôrO cotidiano de três universitárias presas a expectativas sentimentais. CCSP - de terça a sábado, às 21h; domingo, às 20h - ingresso R$10,00preço popular: todos os dias, 20% da lotação, com apresentação de carteirinha de baixa renda (R$1,90) - Sala Jardel Filho
No retrovisor (90min, 12 anos) - Comédia.texto: Marcelo Rubens Paiva - direção: Mauro Mendonça Filho - elenco: Marcelo Serrado e Otavio MullerDois amigos de juventude vivenciaram a explosão cultural na década de 1980. Um acidente de carro provoca a cegueira de um deles e o rompimento da amizade. O reencontro dos dois é o ponto de partida da peça. CCSP - sextas e sábados, às 21h; domingo, às 19h45 - ingresso R$15,00preço popular: dia 13/7 (R$1,90) - Sala Jardel Filho
Tito (100min, 16 anos) - Drama.grupo: Teatro da Conspiração - texto: Solange Dias - direção: Cássio Castelan - elenco: Alessandra Moreira, André di Peroli, Cássio Castelan, Emerson Santana, Marcio Ribeiro e Renata BonadioA vida do frei dominicano Tito de Alencar Lima, que foi preso e torturado durante a ditadura militar. CCSP - de terça a quinta, às 21h - ingresso R$15,00 preço popular: dia 24/7 (R$1,90) - Sala Jardel Filho
PromisQüidade (60min, 16 anos) - Comédia.grupo: Cia. Milionária de Teatro - texto: Pedro Vicente - direção: Fabrizia Alves Pintoelenco: Érika Puga, Odara Carvalho e Fernando Alves PintoTrês amantes apostam no poder da arte como agente histórico e planejam um happenning terrorista contra TVs, shopping centers e o DETRAN. CCSP _terças e quartas, às 21h - ingresso R$15,00 - preço popular: dia 3/7 (R$1,90) - Sala Paulo Emilio Salles Gomes. até 25/7

Cai no concurso: Eric Hobsbawm

Era Dos Extremos: O Breve Século XX: 1914 - 1991
Em Era dos extremos, o renomado historiador Eric Hobsbawm explica a trajetória da sociedade no período compreendido entre os anos 1914 e 1991. O título do livro remete às experiências verdadeiramente antagônicas que coexistiram no século XX. A primeira metade do século foi marcada pela Primeira Guerra Mundial (1914-1918), seguida pela Revolução Russa (1917), passando pelo momento mais negro do capitalismo mundial, a quebra da bolsa de Nova Iorque (1929), culminando na Segunda Guerra Mundial (1939-1945), conflito que envolveu diretamente a quase totalidade dos países. A partir do fim da Segunda G.M., conheceu-se uma nova ordem mundial, o mundo bipolarizado. As divisões das áreas geográficas de influência do bloco soviético e do bloco estadunidense foram institucionalizadas pelo tratado de Potsdam (1945), assinados por Truman, Stalin e Churchull, então chefes de estado dos EUA, União Soviética e Inglaterra, respectivamente. A esta parte de Era dos extremos faz parte também a corrida armamentista e tecnologica entre as duas potências antagônicas. A bipolaridade regeu as relações internacionais e o mundo conheceu uma verdadeira revolução científica e tecnológica, fomentada pela competição entre as economias comunista e capitalista. A China passou por sua Revolução sob o comando de Mao Zedong, tornando-se uma nova potência comunista. Antes alinhada com o bloco soviético e, posteriormente, passando para a esfera de influência estadunidense, apos a cisão sino-soviética (1959).A ordem bipolar permaneceu até a queda do bloco soviético, incapaz de manter sua economia com os altos gastos provenientes da corrida armamentista. Os momentos finais da ordem bipolar foram simbolizados pela queda do muro de Berlim (1989) e o fim da União Soviética (1991). A hegenomia capitalista passa a dominar o mundo de fins de século XX. Em toda sua obra, Hobsbawm aborda, além dos grandes eventos históricos, a evolução dos costumes da sociedade, os movimentos culturais e também a trajetoria historica de paises chamados periféricos, na África e na América do Sul.