28 fevereiro, 2010

Saia curta


Nossa amizade imaculada
distante adolescência
brincávamos sempre na rua de terra
era uma menina hiperativa

ele não era tanto
depois de dois quarteirões
já queria guardar as bicicletas
nesse dia dormi na casa dele

assim como ele dormia na minha
alisava meus cabelos suavemente
enquanto assistíamos um filme
era reprise

fui buscar um copo d´água
quando me virei
lá estava ele
me olhando de um jeito estranho


Felicidade em estado sonoro

26 fevereiro, 2010

Relacionamento


E
la disse que tinha visto numa revista
que estava na moda
aceitei também por educação
e porque era visualmente exótico

uma torta em tons de verde
dava até a impressão de estar viva
uma risada contida escapou
mas ela a conteve com a mão

não quis cortar na minha frente
foi até a cozinha e voltou com um pedaço
quase cai da cadeira
a torta era feita de casulos de lesmas

da escuridão da sala foram revelados rostos
me senti coagido e comi
depois de alguns minutos
começaram a sair insetos do meu nariz e da minha boca


Posso fingir (se você quiser)


Caminhávamos na calçada
eu mais para o lado do meio-fio
ela um pouco mais à frente
quinta-feira, quase sexta

avistei uma barata
próximo ao pé dela
gritei um alerta
ela também, de pavor

mas para a minha surpresa
ela agachou e a pegou
o inseto escapuliu
deu um breve passeio em seu braço

ela sentiu cócegas
a barata caiu
dei-lhe uma pisada que a estraçalhou
foi quase instantâneo, talvez por ciúmes

25 fevereiro, 2010

Desvio de comportamento


Voltar para casa foi algo estranho
poderia ter acontecido qualquer coisa
até mesmo não voltar para casa
esse era o momento

minha vida parece ter unhas
bem afiadas
tentam agarrar você
para não deixar escapar

mas tento dizer o contrário
que não preciso de ti
e que posso viver sem tua presença
e que somos livres

claro que minhas palavras soam falsas
mentiras
que estão em todas as frases
evito dizer-las te olhando nos olhos


19 fevereiro, 2010

Deixa eu terminar de falar


Você chega assim
põe o dedo na minha cara
diz que não presto
e que nunca mais quer me ver

não posso fazer nada
não faço nada
deixo seu vulto sumir
na escuridão que faz o corredor

vou até a geladeira
abro uma cerveja
está quente
deixo ela um pouco no freezer

você sempre me lembrava de coisas bobas
como fechar as janelas antes de sair de casa
levar o guarda-chuva em dias cinzentos
e das cervejas no congelador

17 fevereiro, 2010


Na minha vila,
dizem que os músicos fazem acordo com as sereias
para que as músicas deles seja ouvida para sempre

Se quiserem saber quanto tempo dura o acordo
devem colher de um campo escuro
um punhado de quinua e devem dar à sereia
assim ela começará a contar até acabar

Dizem que cada grão equivale a um ano
então, quando a sereia acabar de contar
ela pegará o músico e o levará para o mar

mas minha mãe disse que os grãos de quinua
são difíceis de contar
e a sereia se cansa de contar
então o músico pode
para sempre abraçar seu dom.




Dicen en mi pueblo que los músicos
hacen un contrato con una sirena,
si quieren saber cuanto durará,
durará el contrato con esa sirena.

De un campo oscuro tienen que coger
un puñado de quinua para la sirena
ya si la sirena se quede contando
dice la sirena que cada grano significa un año.

Cuando la sirena termine de contar
se lo lleva al hombre y la suelta al mar
pero mi madre dice dice dice
que la quinua difícil de contar es y
la sirena se cansa de contar.

Y así el hombre para siempre
ya se queda con el don.


Magaly Solier - Canción de la Sirena
música tema do filme
La Teta Asustada (2009), de Claudia Llosa

14 fevereiro, 2010

de bloco em bloco


Blocos de rua em São Paulo


(fonte:

http://fubap.org/churrascogrego/2009/02/13/programacao-de-blocos-em-sao-paulo/ )


- Lira da Vila

rua Dr. Vila Nova com Rua General Gardim

- Bloco Unidos da Maria Antônia
esquina da Rua Dona Maria Antônia com a Rua Dr. Vila Nova

- Bantantã
Av. Waldemar Ferreira com Desembargador Armando Fairbanks

- Classe A
Rua Souza Lima, 295

- Barracão da Folia
Avenida Abraão Ribeiro, 503

- Bloco da Ressaca
Largo do Cambuci

- Sambaqui
Rua Belmiro Braga com a Rua Inácio Pereira da Rocha

- Baita Clã
Avenida Indianópolis

- Bloco do Ó
Rua Horácio Lane, 21

- Banda Grone’s
Rua Dr. Saturnino Vilalva ao lado da Praça Lions Clube

- Banda do Fuxico
Largo do Arouche

- Confraria do Pasmado
Rua Rodésia, 84

- Kolombolo
Rua Belmiro Braga, s/nº

Bloco XI de Agosto
Largo São Francisco

- Banda Redonda
Rua Theodoro Baima com Rua da Consolação e Av. Ipiranga

- Banda do Candinho
Rua Santo Antônio com Rua Treze de Maio

- Bloco UMES Caras Pintadas
Rua Rui Barbosa, 323

- Bloco das Emílias e Viscondes
Rua General Jardim, 485

- Bloco Afro Ilú Obá de Min
Viaduto Major Quedinho

- Banda do Trem Elétrico
Rua Augusta com Rua Luís Coelho

- Morro da Casa Verde
Rua Relíquia, em frete ao posto Ale

- Maracaduros
Rua Mourato Coelho com a Rua Wisard

- Bloco dos Esfarrapados
Rua Conselheiro Carrão com Rua Dr. Luis Barreto

- Bloco Agora Vai
rua Martha, num boteco que fica quase na esquina com a Tagipuru

- Cortejo da Rua do Samba
Largo General Osório

09 fevereiro, 2010

Luthier

preciso arrumar meu baixo elétrico e quem foi no Skarnaval sabe disso. Tenho três opções de luthier:

Sérgio (região do Guarapiranga - Zona Sul de SP)
tel. 5514-6068/9157-2005

Rocker
tel. 556-24877 (região da Cupecê)

e o Ladessa:

08 fevereiro, 2010

Falso brilho


Mais um pouco
e estrago tudo
não que eu queira isso
muito pelo contrário

tinha a melhor das intenções
achei que daria conta
mostrar que sou valente, sabe?
que tenho controle

mas foi só ser colocado à prova
quase ponho tudo a perder
e quem está ao meu lado
afundaria também

portanto ontem fiquei em casa
como um doente
que não consegue sair da cama
por existir algo mais forte que a minha vontade



04 fevereiro, 2010

Afta


Então você se volta para mim
me olha em tom grave
bate a porta
vai embora

não tento te impedir
como fiz das outras vezes
até esbocei uma reação
mas me calei

melhor assim
ficar sem dizer nada
você não quis chorar na minha frente
era desnecessário

descontrole e incertezas
na dose certa
é sempre assim quando temos que ir
cada um para o seu lado

03 fevereiro, 2010

Filme "estrangeiro" (2010)

Argentina, "O Segredo dos Seus Olhos", de Juan Jose Campanella


França, "Un Prophète", de Jacques Audiard


Alemanha, "A Fita Branca", de Michael Haneke


Israel, "Ajami", de Scandar Copti e Yaron Shani


Peru, "A Teta Assustada", de Claudia Llosa