16 abril, 2013

Copo vazio



Despertei
depois de um mês me entorpecendo
desci até a farmácia e comprei dois testes de gravidez
tanto faz o resultado: faria duas vezes

espero não ter que fazer outro aborto
me lembro de quase tudo
e é do que me lembro que tenho medo
parece que Alice ganhará uma irmã

tenho pensado em deixá-la com a avó
minha saúde está péssima
urino sangue, cuspo sangue
não sei quanto tempo irei durar

minha janela deve ter algum problema
através dela só vejo cinza
Alice puxa a minha saia e diz:
- Mamãe, olha que arco-íris lindo!



7 comentários:

Matheuslaville disse...

É poema um pouco pesado..... =/

doseilah disse...

Forte,



http://limaounada.blogspot.com.br/

tha helena disse...

eu gostei um poema pesado mas cheio de sentimentos fáceis de sentir só lendo...deixa a gente triste

Aline disse...

Forte... Mas muita gente vive (sobrevive) assim né?!

Claudio Chamun disse...

Nada como a inocência de uma criança para simplificar tudo.

Guilherme Augusto disse...

Apesar de todos os problemas, sempre podemos algo de belo na vida :)

Grazii disse...

Nada como uma criança para colorir a vida de uma pessoa cinza!

http://marretada.zip.net/