24 janeiro, 2013

Vocação para o crime


Ela inclinou a cabeça para trás
para estancar o sangue do nariz
dei risada,
ela pediu pra não rir. parei

lá fora, o grito insessante das sirenes da polícia
já não nos assustava
o dinheiro que roubamos da loja de conveniência
estava no fim

tínhamos que sair do apartamento
vigésimo quinto andar
centro da capital
três dias sem dormir

nossa única diversão
era chutar com o indicador
as cápsulas de pó vazias em direção ao outro
agora, estavam todas vazias



11 comentários:

AugustoCarvalho disse...

show de bola!!!

KGeo disse...

iraaaado essa historia

Filipe Dias disse...

boa, da para desenvolver

Mirela Bertolete disse...

legal, muito boa

Yuusuke disse...

Gostei muito bom.

Vanessa Ponzoni disse...

Que medo...muito boa a historia...tem que continuar!

pontosdabeleza.blogspot.com

Dошйζоαď disse...

Legall...gosteii!!!

Poeta do Rock disse...

seguindo o blog, segue o meu?

http://peerpoetadorock.blogspot.com.br/

Kal J. Moon disse...

Gostei... Tô seguindo...

Yuusuke disse...

Show de bola mesmo. Adorei.

Du Santana disse...

Legal.

Agora eles irão dormir ou, se forem encher as capsulas novamente, não acordarão jamais!