21 dezembro, 2009

Guarde o meu lugar, já volto


Prefiro metalinguagem
à metáforas
não que isso seja uma regra
mania minha, você sabe

e como é que vou consertar as coisas
se não vou mais te encontrar
tu dizes que não precisa
e isso é tudo

para mim não é suficiente
mas tudo bem
diz que tudo já foi dito
ponto final

na outra linha, parágrafo, travessão
apesar da menção, não digo nada

pois as palavras
foram tolhidas na garganta

2 comentários:

Lucas disse...

Muito legal!!!!

Cícero Barbosa disse...

obrigado Lucas!

abraço.