07 abril, 2010

13º. andar


Parei no parapeito
que bela vista lisérgica
olhei para baixo
como estou tão alto

meus óculos afrouxados
escorregaram do meu rosto
e foram parar não sei onde
pois tudo embaçou

esbocei dar um grito
e quando fui gritar
nada saiu
fiquei mudo

não consigo falar mais nada
também não vejo
vivo um mundo de vultos
escuridão incestuosa


2 comentários:

Lucas disse...

medo'
então quer dizer que era você o gorila do empire state que jogou um óculos na minha cabeça...vai ter troco kkkkk

Cícero Barbosa disse...

pô era eu mesmo! hehehe

achou meus óculos por acaso?