27 abril, 2010

Vestido verde (2)


Podemos nos desentender
até mesmo posso não te ver nunca mais
você pode se mudar para Bucareste
para escrever melhor os seus contos sombrios

eu ainda guardo sua fotografia desbotada
a coloração dela ficou quase toda no plástico da carteira
ainda reconheço seus contornos
e sei que tem um belo sorriso

em fotos 3x4
nunca sorrimos
não fazemos gracinhas
e muito menos ficamos de costas

mas é assim...
quem está partindo, no entanto, sou eu
termino está carta com este desenho
(vide verso)



3 comentários:

Dindi disse...

HUM.. SENSACIONAL?

Karla Ribeiro disse...

Chorei, benzinho.

Cícero Barbosa disse...

obrigado meninas! =)