01 janeiro, 2010

Chegando perto



Fica mais um pouco
porque quando eu for
seu rosto se apagará
minha memória está um lixo

fique sabendo que vou me esforçar
para guardar-te
nas mulheres que verei passar pelas ruas
vou procurar uma que te veja

não deixe que o dia termine
vamos nos esconder
repetir esses últimos segundos
não ria, falo sério

não deveria ter dito tudo isso
mas não quero consertar nada
quem tem que ir sou eu
pois tenho um poema para terminar


2 comentários:

Dindi disse...

já li esse mais de dez vezes...

Cícero Barbosa disse...

opa(!), peraí...