21 janeiro, 2010

Remelas


Sinto a gola úmida de suor
o ventilador de teto insistente gira
e não dá conta do ar abafado
a claridade chega batendo

me escondo sem sucesso
os motores estão lá fora
junto com os risos e latidos
uma sinfonia

misturei cachaça e cerveja
e isso você sabe...
pois é, sabe como é
eu já deveria saber

li o que você escreveu
acho que já escrevi algo assim
ou talvez tenha lido
mas o mais provável é que tenha sentido

5 comentários:

Anônimo disse...

Oi moço da voz bonita. Lindo texto. O que será que leu por aí...
bjs

Cícero Barbosa disse...

obrigado Patrícia!
bjs

Dindi disse...

descreva a sua voz kkk

Cícero Barbosa disse...

"...é normal".

hehehe

Anônimo disse...

De nada, é verdade.