24 maio, 2011

Eurídice


Minha lira está mais triste
o veneno de uma serpente
levou minha amada até Hades
no Mundo dos Mortos

irei até lá se preciso for
nem mesmo essa distância
me impedirá de reavê-la
transporei todos os quilômetros

escutem esses acordes
toco mais forte agora
é para que ela possa ouvir
seu lugar é aqui ao meu lado

caso a perca para sempre
vou entregar-me às bacantes
que cravem suas unhas e dentes em mim
e não mais olharei para trás



3 comentários:

Italo Frost disse...

Muito belo e direto. Estes poemas são os que eu costumo gostar de ler, diretos, objetivos, de fácil entendimento, homens sem tempo, precisam de uma praticidade assim e ainda sim, ouvir aquilo que agrada aos ouvidos, aos olhos...

Comentem em minha coluna no Portal de Notícias:

http://www.tveemissoras.com/2011/05/quarta-feira-dicas-das-estacoes.html

Abraços
Frost

Macaco Pipi disse...

AS VEZES ESPERAR NAO LEVA A NADA

neh.etc disse...

lutar por um amor é lancinante no entanto a dor de ñ consegui seria devastador pra alguns.

gostei muito vc escreve de maneira suave e seu textos nos permite tirar varias interpretações ^^
parabéns.
já estou seguindo .