11 maio, 2013

Courtney Love


Você não precisa
eu também não
você precisou
eu, sempre

mantenho minha imprecisão
você decolou e pousou
eu, ainda estou no ar
procurando aterrissar

eu voo 
gira a hélice
você é a Alice que volta a superfície
e eu, o chapeleiro submerso no chá

em noites sem lua
os lobos não sabem para quem uivar
eu não uivo
pois poderia te despertar


7 comentários:

Laura Alcântara disse...

"você é a Alice que volta a superfície
e eu, o chapeleiro submerso no chá"

Apenas Impressões Literárias disse...

Interessante...

Marilia Tasso disse...

Bonito =)

Filipe Dias disse...

Bonito, romântico, nostálgico

Almir Ferreira disse...

Gostei muito, parabéns

Almir Ferreira
Rama na Vimana

Martha Alcantara disse...

Lindas palavras, dá pra viajar bastante. :)

Claudio Chamun disse...

:)